Pesquisar neste blogue

A carregar...

domingo, 30 de outubro de 2011

FICHA DE ESTUDO ORIENTADO - A REVOLUÇÃO AGRÍCOLA E A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL


REVOLUÇÃO AGRÍCOLA


Entendemos por REVOLUÇÃO AGRÍCOLA o conjunto de transformações operadas no campo.

O movimento das ______________ deu origem a um grande êxodo rural do campo para a cidade. Os pequenos camponeses não podendo concorrer com os grandes proprietários, vão para as cidades engrossar a mão de obra disponível.
Como passa a haver mais recursos __________ as fomes e pestes tendem a diminuir, para o que contribuiu os progressos da medicina e da higiene. Tudo isto leva a um aumento demográfico: há um aumento da natalidade, diminuição da ____________ e o alargamento da __________ de vida.
A revolução agrícola criará necessidades técnicas que por sua vez estimularão a indústria e a Revolução dos _______________.

A REVOLUÇÃO AGRÍCOLA  interliga-se com a revolução industrial.


R: Enclosures; alimentares; mortalidade; esperança de vida; transportes.

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

O século XVIII foi o século das revoluções, das grandes transformações.
Por REVOLUÇÃO  entendo _______________________________________.
O termo REVOLUÇÃO INDUSTRIAL define o conjunto das transformações que se desencadearam  devido à aplicação das invenções técnicas à indústria e aos transportes, deixando para trás a manufactura .


R: Transformação radical


Vou esquematizar:

                 
MANUFACTURA
       ð
MAQUINOFACTURA


     ò                              ò


uUnidade  de produção: a oficina

uProdução em pequena escala.

uPredominância do trabalho manual.


uEspecialização e qualificação do trabalho.



uDetenção de certo controlo dos meios de produção por parte do trabalhador.

u Unidade de produção: a fábrica.

uProdução em larga escala.

uDiversificação e especialização dos instrumentos de trabalho: introdução da máquina.

uDegradação do valor do trabalho: a máquina substitui a qualificação técnica do operário.
Crescente divisão do trabalho.

uDetenção de todo o controlo dos meios de produção pelo patrão.







No século XVIII a ideia de progresso domina. Há uma paixão crescente pela investigação científica que pretende desvendar os segredos da natureza pela descoberta das suas leis.
Era de "bom tom" conhecer e admirar os filósofos e cientistas. A Filosofia e a Ciência interessava todas as pessoas cultas.
Fundaram-se ACADEMIAS que fomentaram o desenvolvimento das ciências e puseram os sábios em contacto uns com os outros. Havia, até quem tivesse, em  casa LABORATÓRIOS.
Foi neste ambiente que se realizaram trabalhos e descobertas científicas das quais nos limitaremos a apontar as mais espectaculares, isto é, as relacionadas com a descoberta da MÁQUINA A VAPOR  e as primeiras ASCENSÕES AÉREAS.
O VAPOR é considerado a maior descoberta do homem depois da invenção do fogo e da agricultura e da revolução urbana. Utilizado nas fábricas, na navegação, nos transportes sobre carris vai modificar o sistema de produção e as condições de vida dos homens.
A máquina foi inventada por _________
Foi aplicada ao _____________ , ____________ e __________.
Cartwrigt inventou o tear mecânico que passou a ser accionado pelo vapor. Esta invenção permitiu passar da manufactura à ____________ caracterizada pela produção em ____________ e em _________.
A partir desta altura um único operário a trabalhar com este tear produz o mesmo que quarenta operários. Este facto fez baixar o preço dos tecidos e originou uma crise de mão de obra. A produção atinge níveis nunca alcançados até então, alargam-se os mercados, os preços baixam, entra-se na batalha da concorrência.
Alimentada a carvão, a máquina a vapor arrastou consigo um enorme desenvolvimento da exploração mineira - da hulha como fonte de energia, do ferro, como mineral básico para o fabrico das próprias máquinas, dos utensílios para a indústria e dos carris para os comboios.
R: James Watt; setor têxtil, siderúrgico/metalúrgico e minas; maquinofactura; série e em cadeia


REVOLUÇÃO DOS TRANSPORTES

A aplicação da força energética do vapor aos _________ e à ___________, deu origem a grandes transformações nos meios de comunicação nos séculos XVIII-XIX.
O primeiro barco a vapor foi obra de Fulton (americano), em 1807, navegando no Tamisa, Reno e Mississipi.
A ____________, obra de George Stephenson foi primeiro usada nas minas.

Em consequência deste processo revolucionário da técnica, aperfeiçoaram-se os transportes, rasgaram-se estradas, às quais foi aplicado o novo pavimento inventado por John Macadam, abriram-se canais, levantaram-se pontes, exploraram-se minas, abriram-se novos portos.

As comunicações tornaram-se mais funcionais, mas aumentou a emigração dos campos para a _________ e sobrevieram crises de desemprego.


Completa:

Com a Revolução Industrial, o vapor é utilizado em máquinas cada vez mais aperfeiçoadas que são aplicadas à INDÚSTRIA, ___________ e__________                               
 Desenvolve-se a exploração mineira __________ para alimentar as combustões na máquina a vapor.
___________ é cada vez mais utilizado na construção das máquinas, utensílios para a indústria, carris para os comboios.                  
________________________________________________________________
R: barcos; locomotiva; locomotiva; cidade; têxtil e siderúrgica/metalúrgica; do carvão de hulha; O ferro.

CONSEQUÊNCIAS SOCIAIS

EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA
           
       População aumentou 200 milhões de 1860 a 1880, devido à  melhoria da alimentação em quantidade e qualidade, hábitos de higiene, progresso da medicina, progresso da indústria farmacêutica, melhoria das condições de trabalho.     



CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO


ò

REVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA





Aumento da produção agrícola
     
Melhoria dos transportes


                                       

Melhoria da alimentação



Progresso da medicina
     
Aumento da higiene







EMIGRAÇÃO

Grande número de trabalhadores emigram para o estrangeiro. Entre 1800 e 1900, saíram da Europa 60 milhões de pessoas. Vão à procura de prosperidade económica que se desenha nos E.U.A. O Novo Mundo, ainda por explorar, torna-se mito.





       O aumento demográfico        (1830 - 1900  -  30 milhões)          projecta-se, na emigração para o Novo Mundo, devido:
- ao desemprego na Europa industrializada,
- condições de vida e de trabalho
- mão de obra excedente
- esperança de rápido enriquecimento
- melhoria das condições de vida
- facilidade de meios de comunicação terrestres e marítimos
- facilidades dadas aos colonos


URBANISMO

O êxodo dos trabalhadores do campo para a cidade vai colocar problemas ligados à nova estruturação desse espaço.
No entanto, as cidades foram-se desenvolvendo de uma forma desordenada. A configuração tradicional é totalmente modificada com a construção dos centros manufactureiros. Os fumos e ruídos vão tornar a nova paisagem doentia. No interior das fábricas, a insalubridade e falta de higiene grassa.
Surgem, então, leis regulamentadoras das construções das casas, definição das zonas___________, espaços__________ e de __________, das zonas____________ e do saneamento.
No centro da cidade organiza-se a sede do poder político e económico da burguesia. Aí constroem-se palácios, bancos, companhias, bolsas de valores e grandes armazéns. É a city . Aí, os edifícios concebidos pelos arquitectos adaptam-se ao novo estilo de vida industrial. O ferro, o cimento armado e o vidro são os materiais empregues em tais edifícios, que tentam suprir a falta de espaço elevando-se em altura.
Nos arredores constroem-se os bairros operários e os bairros populares, estes últimos constituídos por simples barracas de latão e madeira que servem de abrigo  aos trabalhadores.
R: urbanas; verdes; agricultura; industriais
        
Vou esquematizar:


CRESCIMENTO DAS CIDADES

ò

Atracção das populações pelas cidades  è  Aumento população urbana

ñ

Reestruturação do espaço urbano:

Zonas industriais
Barracas de lata – bairros operários nos subúrbios
Centro – aproveitamento do espaço – edifícios elevados em altura
ò

Poluição

                                                                                                                                                          




SOCIEDADE

Movidas pelas forças de produção, as relações sociais transformam-se, extremando-se as classes. A riqueza, cada vez mais se concentra nas mãos de alguns poucos. Surge o conceito de classe, no pleno sentido do termo.




ALTA BURGUESIA  _______  CLASSE MÉDIA __________ PROLETARIADO


A SOCIEDADE E A MENTALIDADE BURGUESA

A burguesia é a classe social dominante. Dedica-se às actividades industriais , financeiras e comerciais. Detém o domínio político.

Mentalidade Burguesa

. Imita a antiga aristocracia, chegando a comprar-lhe os títulos, ou casar com os seus filhos.
. Vive em palácios sumptuosos como os da aristocracia, comprando-os , por vezes.
. Preocupa-se com a aparência
. Ostenta luxo exagerado nas suas casas e festas
. Pratica a filantropia, fazendo doações para a criação de bibliotecas, fundações e institutos culturais e científicos, subsidiando obras importantes.
. Preocupa-se em dar esmolas, organizar festas e espectáculos de caridade
. Defende, a nível político o liberalismo, proclama os Direitos do Homem e do  Cidadão, sobretudo a propriedade privada, a liberdade comercial e a liberdade de produção. A pouco e pouco torna-se cada vez mais conservadora, como que por necessidade de defender os seus bens de produção.




CLASSE MÉDIA

A classe média consciente da sua importância afirma-se no aspecto político e como apoio do proletariado que encontra nela os seus dirigentes.
Trabalha na city. Vive nas regiões suburbanas.
A ela pertencem os comerciantes, pequenos empresários, intelectuais, professores, jornalistas, médicos, advogados, funcionários públicos, as profissões liberais, que constituem a pequena ou média burguesia.

OPERARIADO OU PROLETARIADO

Na época da Revolução Industrial, trabalha por conta de outrem em condições de vida e de trabalho muito duras.
Provém do campo, na sua maioria.
Agrupa os operários e os mendigos, mão de obra excedentária que aceita qualquer emprego.

CONDIÇÕES DE VIDA DO OPERARIADO

O operariado trabalhava em péssimas condições, 14 a 16 horas por dia, em fábricas sem iluminação, sujeitos a trabalho muito duro, sem descanso nem férias, com curtos horários para refeições, sem assistência social nem medicamentosa, com salários muitíssimos baixos.
O  trabalho infantil e feminino era aproveitado, justificando, ainda, piores salários.
Os órfãos, desde os cinco anos, trabalhavam em instituições (colégios) que eram autênticas fábricas.

Vivia em péssimas condições de vida, em casebres nos arredores das cidades, tendo que se deslocar a pé para as fábricas, mal agasalhados e mal alimentados, sujeitos a doenças pulmonares e tuberculosas e à velhice precoce.

MOVIMENTO OPERÁRIO
Duas formas de luta dos operários:
- _______________________
- _______________________
Duas propostas dos intelectuais:
- ____________________________________________________________

R: destruição das máquinas; organização sindical; socialismo utópico; socialismo científico

- O Socialismo Utópico acredita-se que o trabalho deve contribuir para o bem estar de todos e não de uma minoria - Acredita na mudança da sociedade através de reformas

-  O Socialismo Científico  acredita que os trabalhadores conscientes da sua classe devem empreender uma luta contra a burguesia com o objectivo de derrubar o capitalismo e instituir a sociedade sem classes – Marxismo de Marx e Engels.

Movimento operário designa a luta dos trabalhadores contra o capitalismo

Luta:
-  a nível político, através do partido, por direito de voto
- a nível económico, através do sindicato, por melhoria das condições de trabalho
Conseguiu:

- Direito à greve ;
-  Definição do horário de trabalho ;
 - __________________________ ;
-  Instituição de subsídio de desemprego, doença, acidente e velhice;
- ____________________________;
- Regulamentação das condições de trabalho

R: Contrato coletivo de trabalho; direito à geve